JINN A MAIOR REVOLUÇÃO DA IOTA ESTA POR VIR

Um dos projetos mais revolucionarios, incriveis e ‘secretos’ da IOTA o processador JINN, ganhou um site oficial, http://iotanodes.org/jinn/, ainda sem revelar os estágios de desenvolvimento deste que promete ser o grande ‘elo’ a integrar os dispositivos fisicos com a rede Tangle, permitindo que todas as possibilidades de transações e compratilhamentos de informação da IOTA e da propria IoT se tornem realidade.

O que é JINN?
(contribuição IOTA Brasil)
JINN é o primeiro processador ternário de propósito geral moderno. Feito sob medida, e totalmente compatível com a IOTA. Atualmente em desenvolvimento, o processador JINN possibilitará uma performance perfeita para os dispositivos IoT que integram a rede IOTA.

As aplicações para esta tecnologia são virtualmente ilimitadas.
JINN é um chip processador que opera em lógica ternária (true/false/unknown), ao contrário do sistema binário (true/false) universalmente utilizada nos dias atuais. A utilização do sistema ternário é mais eficiente por possibilitar uma maior densidade na representação de informação dentro outras bases inteiras (2, 4, …).

Mas isso aumenta o complexidade: a razão pela qual o sistema binário se tornou o padrão universal é que os bits são representados através de valores de tensão (com ou sem carga elétrica).

Diante disso, os trits demandariam um hardware muito mais sofisticado, e por consequência mais caro?
Realmente, processos tecnológicos mais sofisticados são necessários para se alcançar elementos de lógica ternária, os quais ainda não tinham sido alcançados. No entanto o sistema dos três estados é mais natural, e assim mais fácil de se criar e manter, o que justificou as pesquisas que levaram à concepção do JINN.

JINN não deve ser comparado aos processadores que você compra para seu computador nos dias atuais, os quais são baseados em escalabilidade vertical, o ou seja os processadores atualmente em uso vão se tornando cada vez mais poderosos dependendo do avanço tecnológico ao longo do tempo.

JINN, por outro lado, utiliza escalabilidade horizontal, ou seja, o crescimento do poder computacional vem da criação de uma rede de JINNs (computação distribuída). Por tal motivo é que sua utilização ideal está na emergente Internet das Coisa (IoT)

COMPARTILHAR